Tamanho do texto

Esta é a quarta vez que o BC entra no mercado desde o dia 31 de maio. Nas duas primeiras entradas, a autoridade monetária vendeu US$ 2,252 bilhões em leilões de swap cambial

Agência Estado

Banco Central vendeu mais 21,5 mil contratos de swap cambial com dois vencimentos em leilão realizado no início da tarde
Getty Images
Banco Central vendeu mais 21,5 mil contratos de swap cambial com dois vencimentos em leilão realizado no início da tarde

Na segunda tranche do dia, o Banco Central vendeu mais 21,5 mil contratos de swap cambial com dois vencimentos em leilão realizado no início da tarde. Foram 11,5 mil contratos com vencimento em 01/07/2013 e 11 mil com prazo final em 01/08/2013. O swap cambial é uma operação que equivale à venda de dólares no mercado futuro.

No caso dos papéis que vencem em julho, a operação equivale a US$ 571,5 milhões e nos de agosto, a US$ 546 milhões, atingindo um total de aproximadamente de US$ 1,118 bilhão.

Veja também: Serviços e câmbio pressionam inflação, dizem analistas

A taxa nominal para os contratos que vencem em julho ficou em 11,2612% e a linear, em 10,989%. O PU mínimo foi de 99,393200. Os contratos negociados pelo BC nesta segunda-feira, 10, terão como data de emissão e liquidação o dia 11/06/2013.

Já a taxa nominal para os contratos que vencem em agosto ficou em 5,3655% e a linear, em 5,210%, com PU mínimo de 99,267300. Os contratos negociados pelo BC nesta segunda-feira, 10, para esse vencimento também terão como data de emissão e liquidação o dia 11/06/2013.

Veja também: Banco Central volta a atuar no câmbio e vende US$ 1,37 bilhão no mercado futuro

Esta é a quarta vez que o BC entra no mercado desde o dia 31 de maio. Nas duas primeiras entradas, a autoridade monetária vendeu US$ 2,252 bilhões em leilões de swap cambial. No início da tarde, a autoridade monetária fez a primeira oferta do dia e esta é a segunda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.