Tamanho do texto

Parlamentares republicanos não apoiaram o esforço para evitar US$600 bilhões em aumentos de impostos e cortes de gastos em várias áreas que pode levar os EUA à recessão no ano que vem

Reuters

Os futuros do petróleo Brent chegaram a cair mais de 1 dólar por barril, se aproximando de 109 dólares nesta sexta-feira, depois que as negociações nos Estados Unidos para reverter uma crise orçamentária foram paralisadas, reavivando preocupações sobre a demanda no maior consumidor global de petróleo.

Parlamentares republicanos não apoiaram o esforço para evitar 600 bilhões de dólares em aumentos de impostos e cortes de gastos em várias áreas que pode levar os Estados Unidos à recessão no ano que vem.

A medida deprimiu os mercados acionários, o euro e as commodities, mas puxou o dólar.

O Brent chegou a cair 1,05 dólar, para a mínima de 109,15 dólares, recuperando-se ligeiramente depois para 109,63, queda de 0,57 dólar às 10h03 (horário de Brasília).

A questão orçamentária teve um impacto ainda maior no futuro do petróleo nos EUA, que caiu para a mínima de 88,68 dólares, recuo de 1,45 dólar por barril. Às 10h04, o contrato perdia 0,84 dólar a 89,29 dólares o barril.

"Os Estados Unidos são fator dominante na economia mundial, e se o crescimento falhar lá, afetará outros mercados", disse Barbara Lambrecht, analista do Commerzbank, de Frankfurt.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.