Tamanho do texto

Anúncio do ministro Guido Mantega da prorrogação, por mais um ano, do Programa de Sustentação do Investimento também sustentam avanço da Bolsa nesta quinta-feira

A Bolsa de Valores de São Paulo opera em alta nesta quinta-feira animada com declarações de autoridades dos Estados Unidos que apontam para um acordo antes do final do ano sobre o abismo fiscal americano. Por volta de 11h10, o índice Ibovespa, que reúne as ações mais negociadas da Bolsa, subia 0,54%, aos 56.844 pontos. O volume negociado era de R$ 681 milhões.

Segundo Bruno Gonçalves, analista fundamentalista da Wintrade, home broker da Alpes Corretora, o principal motor da alta da Bolsa nesta quinta são os comentários feitos nos Estados Unidos na quarta-feira sobre o abismo fiscal . "Ontem, o presidente da Câmara dos Deputados disse que vê com otimismo uma resolução (ao problema) até primeiro de janeiro, enquanto o presidente (Barack) Obama espera uma solução até o Natal. Isso injeta otimismo na Bolsa", afirma.

MaisAções asiáticas sobem com esperanças de acordo nos EUA

Gonçalves afirma ainda que declarações dos presidentes dos Bancos Centrais de Chicago e San Franciso sobre uma extensão da operação Twist, de venda de títulos públicos de curto prazo para recomprar papéis de longo prazo, também jogam otimismo nos mercados.

Veja tambémCrise continuará a atrapalhar PIB brasileiro em 2013, dizem economistas

Outra notícia vista como positiva pelos investidores foi o anúncio do ministro da Fazenda, Guido Mantega, da  prorrogação por mais um ano do Programa de Sustentação do Investimento . Ele também incluiu novos setores na lista dos beneficiados pela desoneração da folha de pagamento e anunciou a concessão ao setor privado dos aeroportos do Galeão (RJ) e de Confins (MG).

Nesta sexta-feira, o Parlamento alemão votará o novo pacote de financiamento para a Grécia. 


    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.