Tamanho do texto

Autoridades afirmam que caso de Mathew Martoma deve ser o esquema de informação privilegiada mais lucrativo já descoberto, com ganhos de US$ 250 milhões

NOVA YORK, 20 Nov (Reuters) - Promotores norte-americanos em Nova York anunciaram nesta terça-feira que estão acusando formalmente por informação privilegiada o ex-gestor de hedge funds Mathew Martoma.

As autoridades disseram que o caso deve ser o esquema de informação privilegiada mais lucrativo do mundo já descoberto, com ganhos ilícitos de operadores que totalizaram mais de 250 milhões de dólares.

As informações privilegiadas se focaram em companhias de medicamentos.

(Por Emily Flitter)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.