Tamanho do texto

O presidente-executivo do HSBC, Stuart Gulliver, disse que 15 mil cortes ocorreram em meio a vendas de ativos e que espera mais reduções de postos de trabalho antes do fim de 2013

Reuters

O HSBC reduziu seu quadro de funcionários em quase 30 mil posições nos últimos dois anos e divulgou nesta segunda-feira que mais cortes provavelmente vão ocorrer para que o banco alcance suas metas de eficiência de custos.

O banco tinha 266.700 funcionários no fim de setembro, ante 296 mil no encerramento de 2010. Neste ano, os cortes somaram cerca de 21 mil funcionários.

O presidente-executivo do HSBC, Stuart Gulliver, disse que cerca de 15 mil cortes ocorreram em meio a vendas de ativos pelo banco e que espera que mais reduções de postos de trabalho ocorram antes do fim de 2013 para melhorar a eficiência da instituição financeira.

"Nós provavelmente veremos o quadro de pessoal se reduzir mais... em termos da redução orgânica, há ainda trabalho a ser feito", disse o executivo a jornalistas durante teleconferência.

Gulliver afirmou em maio de 2011 que cortaria cerca de 30 mil empregos no HSBC como parte do plano de reestruturação da instituição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.