Tamanho do texto

Os preços do ouro tiveram uma queda forte, em reação a indicadores positivos divulgados nos EUA

Agência Estado

Os preços do ouro tiveram uma queda forte, em reação a indicadores positivos divulgados nos EUA. O número de postos de trabalho criados em outubro e a recuperação das encomendas das indústrias norte-americanas levou a uma redução na expectativa de novas medidas monetárias de estímulo à economia por parte do Federal Reserve.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de ouro para dezembro fecharam no nível mais baixo desde 30 de agosto; é a primeira vez desde 5 de setembro que o ouro fecha abaixo de US$ 1.700 por onça-troy.

"Temos dados econômicos melhores do que esperava, e isso está reduzindo as expectativas, que já não eram muito realistas", de novas medidas de estímulo", disse o dealer Frank Mc Ghee, da Integrated Brokerage Services.<p><p>Os contratos de ouro para dezembro fecharam a US$ 1.675,20 por onça-troy, em queda de US$ 40,30 (2,35%). As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.