Tamanho do texto

Na manhã desta terça-feira, a Experian, empresa de serviços de informação global, firmou acordo para adquirir 29,6% da Serasa, na qual já detém uma participação de 70%, por US$ 1,5 bilhão

Agência Estado

O Bradesco informou que a venda à Experian Brasil das 308.676 ações que possui na empresa de informações de crédito Serasa gerará um lucro estimado antes de impostos da ordem de R$ 786 milhões. Conforme o comunicado, a concretização da operação está subordinada à aprovação da assembleia da Experian plc e das autoridades competentes.

Experian compra 29,6% da Serasa por US$ 1,5 bilhão

Na manhã desta terça-feira, a Experian, empresa de serviços de informação global, havia informado que firmou um acordo condicional para adquirir mais 29,6% da Serasa, na qual já detém uma participação de 70%, por US$ 1,5 bilhão, mais um ajuste em dinheiro para a data de conclusão do negócio. A compra deverá ser concluída até o fim deste ano.

A Experian vai comprar a participação de um grupo de bancos que inclui o BIU Participações - consórcio que compreende ações detidas na Serasa pelo Itaú Unibanco e Bradesco -, o Banco Bradesco Financiamentos (BBD), o Grupo Santander e o HSBC.

Já o Itaú Unibanco informou que a Experian pagará R$ 1,7 bilhão, em dinheiro, por 601.403 ações da agência de crédito Serasa, representativas de 16,14% do capital da companhia, detidas pelo banco.

Conforme informações da Dow Jones, em demonstrações financeiras consolidadas da Experian relativas ao exercício encerrado em 31 de março de 2012, a Serasa gerou receitas de US$ 870 milhões e um Ebit (lucro antes de juros e impostos), de US$ 312 milhões.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.