Tamanho do texto

Lucro da companhia caiu para US$1,46 bilhão no terceiro trimestre, ante US$1,51 bilhão na comparação anual

Reuters

O McDonald's divulgou lucro trimestral menor nesta sexta-feira, com a fraqueza da economia global e o dólar mais forte pressionando os resultados da maior rede de fast food do mundo. O resultado também ficou abaixo das estimativas de analistas pelo segundo período consecutivo.

A lenta economia nos Estados Unidos e o aperto de cintos na Europa estão afetando até as redes de restaurantes mais resistentes, com consumidores contendo gastos com refeições fora de casa.

A empresa também informou que as vendas globais comparáveis estão em queda em outubro, em meio ao cenário de crise econômica e à pressão de concorrentes.

"As vendas globais comparáveis em outubro estão atualmente com tendência negativa", afirmou o presidente-executivo do McDonald's, Don Thompson, em nota.

O lucro da companhia caiu para US$1,46 bilhão, ou US$1,43 por ação, no terceiro trimestre, ante US$1,51 bilhão, ou US$1,45 por ação, na comparação anual.

Analistas, em média, esperavam ganho de US$1,47 por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas totais recuaram para US$7,15 bilhões, contra US$7,17 bilhões um ano antes.

As vendas globais em restaurantes em operação há pelo menos 13 meses subiram 1,9% no terceiro trimestre, ligeiramente abaixo da previsão de analistas, de alta de 2%. Foi a primeira vez que as vendas sob esta métrica cresceram menos que 2% desde o segundo trimestre de 2003.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.