Tamanho do texto

No segundo dia seguido de baixa, Ibovespa cai1%, a 58.627 pontos

A Bovespa recuou nesta quarta-feira, com as blue chips Vale e Petrobras pressionadas pela queda das commodities, depois que dados fracos da China e da zona do euro reforçaram os temores sobre a economia global.

Veja também:  Dólar fecha em queda de 0,19%

As persistentes dúvidas sobre um eventual pedido de resgate da Espanha também pesaram no mercado, segundo profissionais do mercado, contribuindo para o tom de cautela da sessão.

O Ibovespa caiu 1,0 por cento, a 58.627 pontos, na segunda queda consecutiva. O giro financeiro do pregão foi de 6,2 bilhões de reais, abaixo da média diária de 2012, de 7,3 bilhões de reais.

"O volume da bolsa está muito fraco por conta de todas essas indefinições (no cenário externo)", disse a diretora de análise de investimento da Indusval & Partners Corretora, Mitsuko Kaduoka.

Para o analista técnico Daniel Marques, da Ágora Corretora, o fraco volume recente dificulta enxergar uma tendência mais clara para a bolsa. "O mercado está confuso, travado em torno dessa média de 58 mil a 59 mil pontos", afirmou.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.