Tamanho do texto

Setor financeiro e de mineração avançam e indústria norte-americana amplia lucros

Reuters

As ações europeias subiram nesta segunda-feira, lideradas pelos papéis do setor financeiro e impulsionadas pelos dados melhores do que o esperado nos Estados Unidos. Ajudou ainda a preocupação menor sobre o recente teste de estresse na Espanha.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 1,45%, aos 1.104 pontos. O indicador Euro STOXX 50, das blue chips da zona do euro, avançou, por sua vez, 1,9%, para 2.501 pontos.

Os índices dos setores financeiro e de mineração foram os que tiveram melhor desempenho na sessão, com o bancário com ganhos após os resultados do teste de estresse nos bancos espanhóis divulgados na sexta-feira sem surpresas negativas.

Os lucros foram ampliados na segunda metade do pregão com dados norte-americanos dando conta de que o setor industrial cresceu pela primeira vez desde maio.

"Alguns dos resultados do teste de estresse aumentaram a confiança no sistema bancário espanhol, mesmo se a Espanha ainda provavelmente precisar de ajuda da UE (União Europeia)", avaliou o chefe de alocação de ativos no banco suíço Gonet, Cyrille Urfer.

"Mas há muitos números de empresas e no front econômico que estão do lado fraco, portanto, podemos ter alguma pressão durante o resto do ano. Seria um erro correr atrás do mercado", completou.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 1,37%, a 5.820 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 1,53%, para 7.326 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve ganhos de 2,39%, a 3.434 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve alta de 2,83%, para 15.523 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 subiu 0,98%, a 7.784 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 0,63%, para 5.235 pontos.

(Reportagem de Sudip Kar-Gupta)