Tamanho do texto

Papéis da fabricante do smartphone cedem 1,04% nesta tarde, para US$ 666,53

Agência Estado

Tim Cook, presidente da Apple, e Dave Grohl, da banda Foo Fighters, durante lançamento do iPhone 5
Getty Images
Tim Cook, presidente da Apple, e Dave Grohl, da banda Foo Fighters, durante lançamento do iPhone 5

A Apple disse na segunda-feira, 24, que vendeu mais de 5 milhões de unidades do iPhone 5, a última versão do popular smartphone da empresa americana, nos três primeiros dias de venda, estabelecendo um novo recorde.

O resultado, no entanto, ficou abaixo da expectativa de alguns analistas. Às 16h40 (de Brasília), as ações da Apple caíam 1,04% em Nova York, a US$ 666,53. Segundo o executivo-chefe da Apple, Tim Cook, todo o estoque inicial do aparelho foi vendido, embora os iPhones que haviam sido encomendados com antecedência já tivessem sido despachados.

"A demanda pelo iPhone 5 foi incrível e estamos trabalhando duro para garantir que o aparelho chegue às mãos de cada um dos consumidores que o queira o mais rápido possível", disse Cook em comunicado, acrescentando que as lojas continuam recebendo novas levas do aparelho regularmente.

As vendas do iPhone, que começaram nos EUA e em outros oito países na sexta-feira decepcionaram alguns observadores do mercado de tecnologia, que previam que até 8 milhões de unidades fossem vendidas.

O número, no entanto, supera os 4 milhões de aparelhos vendidos no fim de semana de estreia do modelo anterior, o iPhone 4S, há cerca de um ano. O iPhone 5, por outro lado, foi lançado em dois países a mais que seu antecessor no primeiro dia de vendas.

A Apple pretende lançar o iPhone 5 em outros 22 países na próxima sexta-feira. No final do ano, a expectativa é que o aparelho esteja disponível em mais de 100 países. O iPhone, cujo primeiro modelo foi lançado em 2007, ajudou a Apple a se tornar a empresa mais valiosa do mundo e a versão mais recente do aparelho é considerada crucial para o sucesso da empresa de Cupertino (Califórnia).

Anunciado no dia 12, o iPhone 5 dispõe de uma tela maior, de 4 polegadas, é mais fino e mais leve que os antecessores e traz um novo sistema operacional, o iOS 6, que inclui um polêmico aplicativo de mapas, criticado por problemas de funcionamento. As informações são da Dow Jones.