Tamanho do texto

Petróleo para novembro negociado na Nymex subia 0,71%, para US$ 92,58 por barril, enquanto o brent para novembro avançava 0,85% na ICE, para US$ 110,74 por barril

Agência Estado

Os contratos futuros de petróleo operam em alta nesta terça-feira enquanto os investidores aguardam a divulgação de indicadores relevantes nos EUA, o maior consumidor mundial da commodity, em um movimento de ajuste após a queda desta segunda-feira (24).

"O mercado está em busca de algo positivo para ter direção", disse Myrto Sokou, analista da Sucden Financial.

Às 8h08 (de Brasília), o petróleo para novembro negociado na Nymex subia 0,71%, para US$ 92,58 por barril, enquanto o brent para novembro avançava 0,85% na ICE, para US$ 110,74 por barril.

Aparentemente, houve uma venda excessiva de futuros de petróleo na segunda-feira e o mercado passa hoje por uma "saudável correção", segundo a analista.

Além disso, a falta de outros fatores de peso está levando os participantes de mercado a focar mais na macroeconomia, de acordo com Andrey Kryuchenkov, da VTB Capital. Às 11h, sairão nos EUA o índice de confiança do consumidor do Conference Board, referente a setembro, e o índice de preços de moradias de julho. Sinais de crescimento nos EUA tendem a impulsionar a demanda por petróleo.

Ao longo da semana, diz Myrto, o mercado acompanhará o anúncio de reformas estruturais e do plano orçamentário da Espanha e a apresentação do programa de austeridade da Grécia a autoridades europeias. Preocupações de que os problemas fiscais e econômicos da Espanha e Grécia possam prejudicar a demanda na Europa têm mantido os preços do petróleo pressionados. As informações são da Dow Jones.