Tamanho do texto

Lojas nos EUA e em mais oito países começam a vender a nova versão do smartphone e papéis superam os US$ 704

Agência Estado

As ações da Apple abriram em alta em Nova York após o início nesta sexta-feira das vendas do aguardado iPhone 5, a última versão do popular smartphone da empresa americana, nos EUA e outros oito países. Às 14h10 (de Brasília), os papéis da Apple subiam 0,84% a US$ 704,56.

O iPhone, cujo primeiro modelo foi lançado em 2007, ajudou a Apple a se tornar a empresa mais valiosa do mundo e a versão mais recente do aparelho é considerada crucial para o sucesso da empresa de Cupertino (Califórnia).

Lançado na semana passada, o iPhone 5 dispõe de uma tela maior, de 4 polegadas, é mais fino e mais leve que os antecessores e traz um novo sistema operacional, o iOS 6, que inclui um polêmico aplicativo de mapas, criticado pelos problemas de funcionamento.

Em Nova York, fã da Apple comemora a compra do iPhone 5
Getty Images
Em Nova York, fã da Apple comemora a compra do iPhone 5


As encomendas do iPhone 5 começaram na sexta-feira (14) quando a Apple vendeu mais de 2 milhões de unidades do aparelho em 24 horas, o dobro do volume de vendas registrado no primeiro dia pelo modelo anterior, o iPhone 4S. As informações são da Dow Jones.

Compare a Apple com outras empresas: