Tamanho do texto

Empresa não era integrante do sistema de distribuição de valores mobiliários, mas estava oferecendo fundos de investimento por meio de sua página na internet

Agência Estado

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou a suspensão de veiculação de oferta de fundos de investimento e outros valores mobiliários pela OTX Investimentos e por Rafael Munhoz Cunha Dal Acqua. A autarquia constatou que a OTX Investimentos e Rafael Munhoz Cunha Dal Acqua, por meio do Fundo de Investimento OTX, vinham utilizando o endereço na internet www.otxinvestimentos.com.br para ofertar publicamente aplicação em fundos de investimento.

Veja também:  CVM fecha acordo com executivos da Localiza e Estrela

"Como a OTX Investimentos e Rafael Munhoz Cunha Dal Acqua não se encontram registrados na CVM, na qualidade de administradores de carteiras de valores mobiliários, nem integram o sistema de distribuição de valores mobiliários, a deliberação tem o objetivo de suspender essa atuação e alertar ao mercado quanto à oferta irregular", informa a CVM por meio de comunicado.

Ainda foi estabelecido que a OTX e Rafael Munhoz Cunha Dal Acqua não estão autorizados a exercer quaisquer atividades no mercado de valores mobiliários e, por não preencherem os requisitos previstos na regulamentação da CVM, não podem ofertar publicamente, constituir nem administrar fundo de investimento ou qualquer outro tipo de investimento em valores mobiliários. Se a determinação for descumprida haverá multa diária no valor de R$ 5 mil.

Mais: Novo presidente da CVM terá missão de manter diálogo e alto nível de exigências