Tamanho do texto

Às 7h43, o brent para novembro subia 1,49% na ICE, a US$ 117,61 por barril, e o petróleo para outubro negociado na Nymex avançava 1,70%, a US$ 99,98 por barril

Agência Estado

Os contratos futuros de petróleo operam em forte alta nesta sexta-feira, com o da Nymex chegando a ultrapassar o nível de US$ 100,00 mais cedo, em meio a expectativas de que as novas medidas de estímulo anunciadas pelo Federal Reserve Bank, o banco central dos Estados Unidos, impulsionem a demanda pela commodity. As tensões no Oriente Médio também tendem a sustentar os contratos. Os EUA são o maior país consumidor de petróleo do mundo e os futuros da commodity são denominados em dólares.

"Os preços do petróleo apresentam ganhos sólidos nesta manhã, ultrapassando a faixa mais alta de seus intervalos recentes com uma mão no pote de mel (relaxamento quantitativo) e a outra apoiada pelos prêmios do risco geopolítico no Oriente Médio após o assassinato do embaixador norte-americano na Líbia, protestos no Egito e no Iêmen e relatórios da ONU dizendo que o Irã está expandindo suas operações nucleares", disse a Sucden em comunicado.

No longo prazo, o petróleo pode se beneficiar com a persistente fraqueza do dólar após o Fed prolongar sua previsão de juros baixos do fim de 2014 para meados do ano seguinte, segundo Andrey Kryuchenkov, estrategista-chefe de commodities da VTB. O dólar fraco torna os contratos mais baratos para detentores de outras moedas.

Às 7h43 (de Brasília), o brent para novembro subia 1,49% na ICE, a US$ 117,61 por barril, e o petróleo para outubro negociado na Nymex avançava 1,70%, a US$ 99,98 por barril, após bater a máxima de US$ 100,42. As informações são da Dow Jones.