Tamanho do texto

Bolsa subiu embalada pelo anúncio de medidas de estímulos pelo BC americano, mas, no fim, perdeu força; Ibovespa fechou com alta de 0,24% nesta sexta-feira, aos 62.105 pontos

Agência Estado

A Bovespa subiu embalada pelos eventos da véspera, mas no fim perdeu força, embora tenha se mantido acima dos 62 mil pontos. Na semana, contudo, conseguiu garantir ganho de mais de 6% e, no mês, quase 9%. As ações da Petrobras e da Vale desaceleram os ganhos perto do fechamento, refletindo o vencimento de opções sobre ações na próxima segunda-feira. Na quinta-feira, o banco central norte-americano anunciou o tão esperado afrouxamento monetário. Para contribuir, ainda teve, internamente, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciando a desoneração da folha de pagamento para mais 25 setores.

Hoje, o Ibovespa encerrou com alta de 0,24%, aos 62.105,47 pontos. Na semana, a Bolsa acumula valorização de 6,49% e de 8,84% no mês. No ano, o ganho é de 9,43%. Na mínima, o índice atingiu 61.823 pontos (-0,22%) e, na máxima, 63.428 pontos (+2,37%). Mais uma vez, o volume financeiro foi forte, R$ 12,561 bilhões. Os dados são preliminares. O bom humor trazido pelo Federal Reserve (Fed) foi tão forte que alguns operadores brincaram que há meses não trabalham tanto quanto ontem e hoje.

LeiaAções de varejo, petroquímica e siderurgia ganham com corte de energia

"Há alguns meses eu não trabalhava tanto", disse um desses operadores, acrescentando ainda que os "gringos compraram forte hoje". Sobre o vencimento de opções sobre ações na segunda-feira, o profissional lembrou que ninguém espera uma alta tão forte num espaço curto de tempo e que os vendidos perderam dinheiro. "Os vendidos deixaram um bom dinheiro. Teve muito stop de opções hoje. Até ação que não estava dando exercício no início da semana, hoje, subiu", destacou e, acrescentou, "os vendidos ganharam o ano inteiro, é bom perder um pouco", brincou.

As ações ON da Petrobras terminaram com valorização de 1,88% e as PN, +1,75%, acompanhando a performance do petróleo no mercado internacional. O contrato de petróleo com vencimento em outubro encerrou com ganho de 0,70%, a US$ 99,00 o barril. Já a Vale foi novamente beneficiada pela recuperação do preço do minério de ferro. Hoje, a tonelada seca do insumo, com teor de 62% importado no porto chinês de Tianjin, foi negociada a US$ 101,6. O papel ON e o PNA da mineradora subiram 1,10% cada.

MaisAções europeias atingem máxima em 14 meses com estímulo do Fed

Já os papéis da Rossi Residencial lideraram as quedas do índice, com declínio de 6,34%. A empresa anunciou que está em processo avançado de negociação com a Brazilian Securities Companhia de Securitização, única debenturista da sua 4ª emissão de debêntures simples, para a obtenção da dispensa do cumprimento de covenants financeiros (índices financeiros) até o final do exercício de 2012.

Os papéis do setor de telecomunicações terminaram em queda, refletindo a notícia que o presidente da Anatel, João Rezende, afirmou que o órgão também passará a acompanhar a qualidade do serviço de transmissão de dados, assim como já faz com a telefonia e começa a fazer com a TV por assinatura. Os papéis da Telefonica Brasil PN perderam 1,31% e os da TIM ON, recuaram 0,60%. Em Nova York, o índice Dow Jones fechou com ganho de 0,40%, o S&P 500 subiu 0,40% e o Nasdaq, +0,89%.

    Leia tudo sobre: Bovespa