Tamanho do texto

No início das negociações, o petróleo para outubro na Nymex subia 1,15%, para US$ 96,46, por barril, e o brent para outubro avançava 0,80% na ICE, para US$ 114,00 por barril

Agência Estado

Os contratos futuros de petróleo operam em alta nesta quinta-feira, em linha com as ações europeias e o euro, em meio à esperança de que o Banco Central Europeu (BCE) anuncie nesta quinta-feira novos passos de uma política para auxiliar as economias enfraquecidas da zona do euro.

Os preços do petróleo são também sustentados por expectativas de que os dados oficiais do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) norte-americano, que saem ao meio-dia (de Brasília), confirmem a queda indicada na quarta-feira nos estoques de petróleo dos Estados Unidos, após a passagem do furacão Isaac.

Segundo o American Petroleum Institute (API), os estoques comerciais dos EUA recuaram 7,206 milhões de barris na semana passada, para um total de 359,306 milhões de barris.

Desde o início da semana, o mercado de petróleo vem operando com a possibilidade de que o BCE retome as compras de bônus soberanos da zona do euro em uma tentativa de reduzir os custos de financiamento dos países da região em dificuldades, como Espanha e Itália.

"Os participantes do mercado estão evidentemente esperando que o presidente do BCE, (Mario) Draghi, não frustre as expectativas e anuncie um amplo programa de compras de títulos, o que provavelmente levaria os preços do petróleo a registrar mais ganhos", disse o Commerzbank em comunicado.

O BCE anunciará sua decisão de política monetária em instantes, às 8h45. Já Draghi falará em entrevista coletiva a partir das 9h30. Medidas de estímulo na Europa, EUA ou China tendem a impulsionar a demanda global por petróleo.

Às 8h38 (horário de Brasília), o petróleo para outubro negociado na Nymex subia 1,15%, para US$ 96,46, por barril, e o brent para outubro avançava 0,80% na ICE, para US$ 114,00 por barril. As informações são da Dow Jones.