Tamanho do texto

Companhia francesa de cosméticos já escolheu Bank of America Merrill Lynch e o JPMorgan como subscritores da oferta pública inicial de ações

Agência Estado

Coty produz perfumes para marcas como  Calvin Klein, adidas, Rimmel, OPI e Chloe
Getty Images
Coty produz perfumes para marcas como Calvin Klein, adidas, Rimmel, OPI e Chloe

A companhia de cosméticos francesa Coty planeja realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) nos Estados Unidos de até US$ 700 milhões (R$ 1,4 bilhão), em nome de seus acionistas. Um mês atrás a empresa já tinha escolhido o Bank of America Merrill Lynch e o JPMorgan como subscritores.

A Coty tem considerado diversas opções estratégicas no último ano e recentemente desistiu de uma oferta de US$ 10,7 bilhões para adquirir a rival Avon Products . Os acionistas da Coty que vão participar do IPO é que estão vendendo todas as ações ordinárias Classe A, e a empresa em si não vai receber nenhuma parte dos rendimentos com a oferta.

A Coty é controlada pelo Joh. A. Benckiser, o veículo de investimento da família alemã Reimann. O Benckiser também detém a Labelux GmbH, uma holding que controla marcas de luxo como os sapatos Jimmy Choo. A Coty produz perfumes de celebridades internacionais, como Jennifer Lopez e David Beckham, além de marcas como Calvin Klein e Chlo Davidoff.

Em 2010, a companhia adquiriu a fabricante de esmaltes OPI Products e a marca de produtos para cuidado da pele Philosophy. No ano passado, a Coty teve um lucro de US$ 61,7 milhões, ou US$ 0,18 por ação. A receita em 2011 subiu 17% ante o ano anterior, para US$ 4,09 bilhões. A Coty deve listar suas ações na Nasdaq Global Select Market ou na New York Stock Exchange, sob o símbolo COTY. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.