Tamanho do texto

Segundo o próprio banco, o sistema apresentou um problema de oscilação, denominado tecnicamente de “intermitência”

Agência Estado

Os clientes do Bradesco ficaram impossibilitados de realizar pagamentos, saques e depósitos durante a tarde de ontem. Segundo o próprio banco, o sistema apresentou um problema de oscilação, denominado tecnicamente de “intermitência”.

Por volta das 17 horas, o Bradesco afirmou que já havia uma equipe resolvendo o problema. No entanto, não existia uma previsão da hora em que o problema seria completamente resolvido, nem um número certo de quantos clientes haviam sido afetados. Até as 20 horas, a instabilidade persistia em alguns serviços, como o acesso via internet.

O comércio também sentiu os prejuízos da oscilação dos sistemas. No Shopping Bourbon Pompeia, na zona oeste de São Paulo, muitas lojas passaram a não aceitar pagamentos com o cartão do banco.

Atendentes de lojas perderam comissões por causa da impossibilidade de os clientes pagarem a fatura com cartões do banco. Foi o caso de Josiane Mattos, de 18 anos, que perdeu a comissão de uma venda de R$ 342, 00. “A cliente saiu da loja dizendo que iria sacar, mas, como o saque também não está funcionando, ela não voltou mais”, disse.

Depósito

No restaurante Almanara, também no Shopping Bourbon, apenas o pagamento com crédito era aceito. O empresário Milton Gonçalves, de 51 anos, teve de recorrer a essa opção para pagar a conta do almoço com os familiares.

Nas agências de rua do banco, era possível ver clientes desorientados ao entrar no local e não ver nenhum caixa realizando operações. A operadora de caixa Tamara Lima, de 25 anos, foi a duas agências na tentativa de fazer um depósito, mas não teve sucesso. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.