Tamanho do texto

Segundo fontes, há dúvidas sobre ativos que compõem um dos fundos de participação do banco, com patrimônio de R$ 251 milhões

Agência Estado

Os cotistas de um fundo ligado ao banco Cruzeiro do Sul correm o risco de não receber o dinheiro de volta. Fontes a par do assunto afirmam que há dúvidas sobre os ativos que compõem o Fundo de Investimento em Participações (FIP) BCSul Verax 5 Platinum. No fim de maio, o patrimônio do fundo era de R$ 251 milhões.

Leia mais:  Cruzeiro do Sul iria pagar altos salários a executivos

Segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o fundo investiu tudo o que tinha em debêntures emitidas pela Patrimonial Maragato S.A. A empresa pertence a Luís Felipe e Luís Octavio Índio da Costa, controladores do Cruzeiro do Sul.

Luís Octavio é ainda um dos sócios da Verax, administradora de recursos de terceiros ligada ao banco, que é a responsável pela gestão do BCSul Verax 5 Platinum. Como é uma unidade de negócios independente, a Verax não está sob intervenção do Banco Central (BC).

Saiba mais:  BC decreta intervenção no banco Cruzeiro do Sul

A gestora continua funcionando normalmente, apesar de o Cruzeiro do Sul estar sob Regime de Administração Especial Temporária (Raet) desde 4 de junho. Na ocasião, o Fundo Garantidor de Créditos (FGC) assumiu a administração do banco. O FGC foi criado pelas instituições financeiras em 1995 para garantir os depósitos do sistema.

O artigo 14.º do regulamento do fundo afirma que “é vedada a aplicação de recursos em títulos ou valores mobiliários de companhias nas quais participem, direta ou indiretamente, o administrador (do fundo)”.

Indagada pela reportagem se essa regra não impediria a Verax de investir em debêntures de uma empresa que tem Luís Octatio e Luís Felipe como sócios, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou que “não comenta casos específicos”. As informações são do jornal "O Estado de S.Paulo"

Petros espera aval do FGC para retirar R$ 57 milhões do Cruzeiro do Sul

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.