Tamanho do texto

Preços entraram em território negativo após registrarem ganhos no início da sessão na Europa

Os contratos futuros do petróleo operam em queda, enquanto os temores sobre a situação econômica da Espanha dominam o sentimento após uma vitória estreita do partido de centro-direita grego Nova Democracia, que é favorável ao pacote de resgate na Grécia, aliviar os temores de uma iminente saída do país da zona do euro.

Às 9h (de Brasília), o contrato do petróleo Brent recuava 0,94%, para US$ 96,68 por barril, na plataforma ICE, em Londres. O contrato do petróleo WTI recuava 1,07%, para US$ 83,14 por barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). Os preços do petróleo entraram em território negativo após registrarem ganhos no início da sessão na Europa, após os participantes do mercado deixarem de lado os resultados das eleições na Grécia e centrarem foco nos problemas econômicos mais amplos na Europa, como a crise da dívida da Espanha.

MaisOpep espera menor produção de petróleo ainda em julho

Os custos dos empréstimos da Espanha subiram nesta segunda-feira, com o yield (retorno ao investidor) do bônus de 10 anos do governo espanhol superando 7%, um nível visto como muito alto para que o país consiga cumprir suas obrigações no longo prazo. Foi após os yields atingirem 7% que a Grécia, Portugal e Irlanda começaram a perder acesso aos mercados financeiros e foram forçados eventualmente a buscar pacotes de socorro.

"A Espanha é uma grande preocupação no mercado, é quase muito grande para salvar", afirmou Ole Hansen, do Saxo Bank. O estrategista do Standard Bank, James Zhang, disse que a reunião de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve (Fed) na quarta-feira será mais importante para o mercado.

TambémEstoques de petróleo dos EUA caem 191 mil barris, segundo AIE

Alguns investidores esperam que o banco central americano implemente um pacote de estímulo, ou pelo menos sugira uma medida destinada a estimular o crescimento econômico nos EUA. Este estímulo ajudaria a manter a demanda por petróleo enquanto as preocupações sobre a situação da zona do euro e sua influência em toda a Europa podem afetar o consumo da commodity.

O resultado das conversações nesta segunda e terça-feira, em Moscou, entre o Irã e o Ocidente sobre o nível elevado do enriquecimento pode conduzir a direção dos preços.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.