Tamanho do texto

Indicadores são afetados pela expectativa das eleições gregas, que ocorrem no domingo, e refletem rebaixamento da Espanha pela agência de classificação de risco Moody's

Afetadas pela expectativa com as eleições na Grécia, que acontecem no próximo domingo, as principais bolsas de valores da Europa operam em baixa nesta quinta-feira. Os indicadores também reagem ao rebaixamento da Espanha pela agência de classificação de risco Moody's, na quarta-feira.

Em Londres, o índice FTSE 100 cai 0,84%. Na Alemanha, o índice DAX tem baixa de 0,91%, enquanto em Paris o CAC 40 perde 0,85%. Em Madri, o Ibex 35 tem queda de 0,02%, e o italiano MIB retrocede 0,75%.

Veja maisMoody's rebaixa rating da Espanha em 3 degraus, para "Baa3"

Ásia

A maioria dos mercados asiáticos terminou no território negativo nesta quinta-feira. As preocupações com a crise da dívida europeia nortearam o sentimento dos investidores. E isso se refletiu nos principais indicadores asiáticos. Em Tóquio, o Nikkei caiu 0,22%. Este também foi o caso na Bolsa de Hong Kong, embora analistas esperem que os recentes esforços da China possam dar suporte ao mercado em breve. O Hang Seng caiu 1,2% e terminou aos 18.808,40 pontos.

As crescentes preocupações com as perspectivas da economia doméstica fizeram as Bolsas da China fechar no campo negativo. O declínio foi liderado pelos bancos e as mineradoras de carvão. O Xangai Composto recuou 1% e terminou aos 2.295,95 pontos. O Shenzhen Composto perdeu 0,5%, aos 954,07 pontos. A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa com a postura cautelosa dos investidores antes das eleições na Grécia e da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) no dia 19. O índice Taiwan Weighted caiu 0,19%, aos 7.075,10 pontos.  

TambémSocorro a bancos espanhóis equivale a 12 Proer

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou em alta provocada por um movimento de compra feito por investidores estrangeiros já no final do pregão. O índice Kospi subiu 0,65%, aos 1.871,48 pontos. Os setores siderúrgico e de construção de destacaram.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney encerrou o dia em baixa após os dados decepcionantes de venda no varejo dos EUA e o rebaixamento de ratings na Espanha. O índice S&P/ASX recuou 0,53%, aos 4.042,24 pontos. Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, teve baixa acentuada, com os investidores preocupados com os problemas da dívida europeia. O índice PSEi baixou 1,7% e terminou aos 5.020,85 pontos, com pesado volume de negociações. As informações são da Dow Jones.

(com AE)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.