Tamanho do texto

Segundo operadores, o avanço é reflexo da disputa de posições entre comprados e vendidos em dia de vencimento de contratos de opções sobre índice e Ibovespa futuro

O Ibovespa acelerou os ganhos na tarde desta quarta-feira e se descolou das bolsas americanas, que operaram próximas da estabilidade. Segundo operadores, o avanço é reflexo da disputa de posições entre comprados e vendidos em dia de vencimento de contratos de opções sobre índice e Ibovespa futuro.

MaisBolsas europeias caem à espera das eleições na Grécia

O cálculo dos ajustes nos contratos futuros começa a ser feito pela bolsa a partir de 14 horas até o fechamento do pregão. "Por isso, o mercado deu essa puxada agora", explica uma fonte. Por volta de 15h30, o Ibovespa marcava alta de 1,42%, aos 55.830 pontos, com volume financeiro de R$ 4,3 bilhões.

TambémFluxo cambial volta a ser positivo no início de junho

Na bolsa de Nova York, o índice Dow Jones caía 0,20%, o Nasdaq subia 0,19% e o S&P 500 tinha alta de 0,21%. A lista de maiores altas traz a ação da Braskem (4,98%), da B2W Varejo (4,84%) e da PDG Realty (4,76%). Na ponta negativa aparecem os papéis da Localiza (1,89%), da Telefônica (1,67%) e da Klabin (1,37).

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.