Tamanho do texto

Contagem regressiva para eleições na Grécia e Itália deixam investidores preocupados. No Brasil, o vencimento do índice futuro e de opções deve agitar a bolsa

Vencimento de índice futuro deve agitar negócios na Bovespa
Getty Images
Vencimento de índice futuro deve agitar negócios na Bovespa

O Ibovespa, principal índice da Bovespa, opera em queda nesta quarta-feira. O vencimento de Ibovespa futuro e de opções sobre índice futuro deve agitar a bolsa brasileira o longo do dia, potencializando a imprevisibilidade para o comportamento dos negócios. Às 10h33, o Ibovespa caía 0,68%, aos 54.672 pontos.

No exterior, os movimentos também estão indefinidos, em meio à contagem regressiva para as eleições na Grécia e da bomba-relógio que pode estourar na Itália. A agenda econômica dos Estados Unidos ganhou força, mas de pouco adiantou.

Veja mais:  Bolsas europeias viram e operam em baixa; Ásia fecha em alta

Com janela inesperada, Banco do Brasil e Embraer captam US$ 1,25 bi no exterior

"Hoje a cautela continua, mas com uma dose extra de volatilidade", diz o analista da Socopa Corretora, Marcelo Varejão. Para ele, a carência de notícias sobre os desdobramentos na Europa e a ausência de um desfecho definitivo para a zona do euro mantêm os investidores ressabiados. "O pano de fundo é o mesmo e sem solução no curto prazo", diz.

As atenções, agora, se voltam para um eventual colapso da Itália - único país do acrônimo PIIGS que ainda não foi resgatado pelos parceiros da região - e antes das eleições parlamentares gregas, no domingo, que podem definir se Atenas fica ou sai da zona da moeda única.

As principais bolsas europeias exibiam perdas moderadas, de até -0,50%. O pagamento de altos juros em leilões de títulos da Alemanha e na Itália também contribuem para o sinal negativo das bolsas europeias.

A exceção era a Bolsa de Madri, que subia cerca de 0,6%, após a informação de que o empréstimo da União Europeia (UE) para socorrer os bancos espanhóis terá vencimento de 15 anos e só começará a ser pago em 2017. A taxa de juro do financiamento é de 3% ao ano.

Já em Wall Street, os índices futuros das Bolsas de Nova York aprofundaram as perdas após as vendas no varejo dos EUA, excluindo automóveis, cair bem mais do que o esperado em maio, em -0,4%, ante previsão de -0,1%. A cadeia varejista norte-americana como um todo registrou queda de 0,2% nas vendas, ante expectativa de -0,3%.

E se o consumidor está mais arredio nos EUA, o produtor está menos pressionado. O índice de preços no atacado (PPI) caiu 1,0% no mês passado ante o mês anterior, mais que a previsão de queda de -0,8%. Já o núcleo do indicador subiu dentro do previsto, em +0,2%.

Mas a Bolsa, segundo o analista da Socopa, pode até se descolar do sinal hesitante vindo do exterior, por causa do vencimento de índice futuro que acontece hoje. "É uma particularidade técnica que compromete o comportamento no dia", avalia Varejão.

No noticiário corporativo, o Conselho de Administração da Petrobras reúne-se às 11 horas para discutir o Plano Estratégico de negócios da companhia para o período de 2012 a 2016. O plano não necessariamente será aprovado hoje.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.