Tamanho do texto

A agência de classificação de risco Moody's Investor Services estima uma elevação de 14,3% nos dividendos distribuídos pelas empresas de tecnologia

A despeito das incertezas sobre a economia mundial, a Moody's Investor Services estima uma elevação de 14,3% nos dividendos distribuídos pelas empresas de tecnologia neste ano. De acordo com levantamento divulgado pela agência, os pagamentos de dividendos dessas companhias devem atingir US$ 26 bilhões neste ano. Richard Lane, vice-presidente sênior da Moody's e autor do relatório, observa que o aumento dos dividendos não exercerá impacto sobre a classificação de risco das companhias de TI.

Leia também: Bancos dos Estados Unidos aguardam rebaixamento pela Moody's

Ele informa que, apesar do aumento, essas companhias manterão uma flexibilidade financeira ampla e um percentual de lucro distribuído aos acionistas de 21%, afastando-se da média adotada por outros setores, de 30%. O relatório inclui dados sobre os maiores distribuidores de dividendos de 2011. A Microsoft, com classificação de risco Aaa estável, lidera o ranking, com pagamento de US$ 5,7 bilhões, seguida pela Intel (A1 estável), com US$ 4,1 bilhões, e pela IBM (Aa3 estável), com US$ 3,4 bilhões.

A agência destaca que a gigante Cisco Systems anunciou pela primeira vez seu dividendo em 2011, enquanto a Dell informou ontem que iniciaria a distribuição de dividendos no segundo semestre de 2012. A Apple também anunciou recentemente que pagaria dividendos no trimestre encerrado em setembro deste ano. Pelo estudo, a Apple apresenta dividendos de aproximadamente US$ 10 bilhões, ficando atrás da AT&T, com US$ 10,2 bilhões. A Moody's espera que o Google e o eBay também iniciem a distribuição de dividendos aos acionistas. Atualmente, essas companhias focam na gestão do caixa e no reinvestimento de seus ganhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.