Tamanho do texto

Sinais de que os bancos centrais da Europa e dos EUA devem tomar medidas extras para dar suporte à economia global animou os mercados asiáticos

As bolsas asiáticas fecharam em alta diante dos sinais de que os bancos centrais da Europa e dos EUA pudessem tomar medidas extras para dar suporte à economia global. Os mercados da região fecharam sem o impacto da decisão do Banco do Povo da China (PBOC) de cortar as taxas básicas de juros, que foi anunciada após o fechamento das bolsas.

A Bolsa de Sydney recebeu impulso dos dados sobre emprego. Foram criadas 38,9 mil vagas em maio, embora a taxa de desemprego tenha subido para 5,1%. O índice S&P ASX 200 fechou com alta de 1,3%, aos 4.108,60 pontos. O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio avançou 1,2%, para 8.639,72 pontos, o Hang Seng de Hong Kong subiu 0,9%, para 18.678,29 pontos e o Xangai Composto caiu 0,7%, para 2.293,13 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi subiu 2,6%, para 1.847,95 pontos; em Taiwan o índice Weighted teve alta de 0,34%, para 7.080,31 pontos; e nas Filipinas o índice PSEi ganhou 1,13% e fechou aos 5.022,95 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre mercados de ações


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.