Tamanho do texto

Queda foi de 9,5% para 6% para micro e pequenas empresas. Para médias, passou de 9,5% para 6,5%. Para as grandes e médias-grandes a taxa será de 8%, ante 10%

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, anunciou nesta terça-feira a redução de juros na principal linha de crédito para financiar capital de giro das empresas, o Progeren. As taxas passaram de 9,5% para 6% para micro e pequenas empresas. Para médias, passou de 9,5% para 6,5%. Já para as grandes e médias-grandes a taxa será de 8%, ante 10%.

Leia também:  BNDES terá R$ 15 bilhões para capital de giro, diz Mantega

De acordo com o presidente do BNDES, iniciativa é uma medida "anticíclica" para dar fôlego às empresas num período de crise, e faz parte dos esforços do governo para fomentar investimentos no Brasil. "Temos certeza de que será possível aumentar planos de investimento nos próximos meses", disse, em coletiva de imprensa na sede do banco.

Coutinho afirmou ainda ter indicações positivas de empresas de que os planos de investimento podem melhorar nos próximos meses. Segundo ele, esses sinais vêm do monitoramento que o banco faz de diferentes setores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.