Tamanho do texto

Iniciativa do banco acompanha a redução de 0,5 ponto porcentual ao ano na taxa Selic; taxas menores valem para quem receber salário pelo banco

O Itaú anunciou nesta segunda-feira uma nova redução de juros para pessoas físicas em linhas como cheque especial e crédito pessoal. A iniciativa do banco acompanha a redução de 0,5 ponto porcentual ao ano na taxa básica (Selic), anunciada na semana passada pelo Banco Central, que corresponde a 0,04 ponto porcentual ao mês.

LeiaBradesco anuncia corte de 0,5 ponto nos juros do crédito

As taxas menores valem para quem aderir ao pacote MaxiConta Portabilidade Salário, destinado a clientes que já recebem ou que transferirem seu salário para conta corrente do Itaú. No crédito pessoal, os juros passaram de um intervalo de 1,99% a 4,94% ao mês para de 1,95% a 4,89% mensais.

MaisCaixa anuncia nova redução de taxas de juros

Já no cheque especial (LIS) as taxas máximas dentro desse pacote de serviços caem de 4,94% para 4,89% ao mês. Para os demais clientes, a taxa máxima do cheque especial recuou de 8,89% ao mês para 8,85% ao mês e, do crediário pessoal, de 6,70% ao mês para 6,66% ao mês. No crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, a taxa máxima que será cobrada dos clientes será de 2,10% mensais, abaixo dos 2,14% ao mês. determinados em conforme a resolução do Conselho Nacional de Previdência Social.

Corte para empresas

O Itaú também informa, por meio de comunicado à imprensa, que a partir desta terça-feira, também estarão vigentes reduções em diversas linhas de crédito para clientes pessoa jurídica. Segundo o banco, serão reduzidas as linhas capital de giro (de 5,46% a.m. para 5,42% a.m.), descontos e antecipação (de 4,86% a.m. para 4,82% a.m.), e cheque especial, que, embora as máximas dependam do perfil do cliente, serão todas cortadas em 0,04 ponto porcentual ao mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.