Tamanho do texto

SÃO PAULO - Apoiada nas ações das siderúrgicas e da Vale, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tenta permanecer em território positivo. O ensaio de recuperação que se desenhava desde a abertura dos negócios esbarra na virada de humor observada em Wall Street - onde as ações do setor financeiro caem de forma acentuada - e na correção observada em praticamente todas as commodities. Depois de subir mais de 2,4% no começo do pregão, por volta das 14h30, o Ibovespa avançava 0,07%, para 59.410 pontos, com giro financeiro em R$ 2,69 bilhões.

Em Wall Street, a queda no preço do petróleo e valorização do dólar não sustentaram os índices em território positivo. Há pouco, Dow Jones caía 0,97%, enquanto o Nasdaq se desvalorizava 0,94%.

As preocupações com o setor financeiro falam mais alto e os investidores derrubam as ações das empresas hipotecárias de capital misto (privado e estatal) Freddie Mac e Fannie Mae em mais de 20% cada. As empresas teriam que levantar bilhões em capital no caso de alteração de normas contábeis, que obrigariam a contabilização de ativos que não são considerados nos demonstrativos financeiros.

Os investidores também acompanham com apreensão a queda no preço das commodities. O petróleo puxa a fila, caindo para baixo de US$ 140 o barril de WTI, mas os metais e os produtos agrícolas também perdem valor de forma acentuada.

Por aqui, a formação da taxa de câmbio segue descolada da instabilidade externa, com a moeda norte-americana perdendo valor ante o real. Há pouco, a divisa era negociada a R$ 1,602 na venda, baixa de 0,37%.

Dentro do Ibovespa, as siderúrgicas sustentam a alta depois que o JP Morgan emitiu relatório com visão positiva para o setor, que segue amparado pela demanda interna e preço crescente. Há pouco, CSN ON ganhava 3,30%, para R$ 61,89. Usiminas PNA tinha valorização de 3,47%, para R$ 69,33, e Gerdau PN subia 2,87%, para R$ 33,95. Ganhos também para a ação PNA da Vale, que apresentava alta de 1,64%, para R$ 43,92.

Evitando um melhor desempenho do índice, a ação PN da Petrobras devolve os ganhos registrados pela manhã, e aponta queda de 1,29%, para R$ 42,64. Perdas também para Itaú PN, que recuava 1,40%, para R$ 30,84.

Ainda na ponta vendedora, TIM Participações ON caía 4,63%, para R$ 4,94. Cyrela ON recuava 3,31%, para R$ 19,24, e Duratex PN perdia 3,16%, para R$ 30,60.

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.