Tamanho do texto

Os agentes consultados pelo Banco Central (BC) no Boletim Focus promoveram nova revisão na projeção para o IPCA deste ano. Aguardam agora que o indicador tenha alta de 4,86% em 2010, contra os 4,80% previstos anteriormente.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561212662&_c_=MiGComponente_C

Repetiram, contudo, a estimativa de que esse índice fique em 4,50% em 2011.

Ainda sobre este calendário, o mercado financeiro aguarda IGP-DI de 5,58% e IGP-M de 5,30%. No relatório antecedente, o prognóstico era de alta de 5,51% para o primeiro indicador e de avanço de 5,26% para o segundo. No caso do IPC-Fipe, porém, a previsão agora é de elevação de 5,26%, ligeiramente abaixo daquela feita antes, de 5,28%.

Em fevereiro, todas as estimativas para os indicadores inflacionários foram ampliadas. Assim, o IPCA deve subir 0,70%, o IGP-DI deve marcar 0,76% e o IGP-M deve ter acréscimo de 0,80%. No Focus passado, as taxas projetadas correspondiam a 0,67%, 0,49% e 0,74%, respectivamente. Para o IPC-Fipe, a expectativa passou de 0,47% para 0,50% de alta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.