Tamanho do texto

Estimativa para o IPCA passou de 5,13% para 5,18%, segundo boletim Focus

O mercado reduziu sua estimativa para a inflação neste ano pela sétima semana consecutiva, mas elevou a de 2012 pela segunda vez.

O prognóstico para a alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2011 passou de 6,19% para 6,18%. A previsão para 2012 foi de 5,13% para 5,18%, segundo o relatório Focus divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira.

A meta do governo para a inflação nos dois anos tem centro em 4,5% e tolerância de dois pontos percentuais.

A previsão para a inflação em 12 meses subiu de 5,04% para 5,07%.

As projeções para a Selic foram mantidas, em 12,50% no final deste ano e em 12,25% no encerramento de 2012.

As estimativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011 e 2012 também foram mantidas em, respectivamente, 3,96% e 4,10%.

O prognóstico para a taxa de câmbio no final deste ano permaneceu em R$ 1,60 por dólar. A projeção no final de 2012 ficou em R$ 1,70.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.