Tamanho do texto

Presidente do Banco Central diz que ouviu do presidente pedido para que "complete trabalho" para manter economia estabilizada

BRASÍLIA - O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, adiou para amanhã a decisão quanto à sua saída ou permanência na instituição. Após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Meirelles ouviu o pedido do presidente para que fique para "completar o trabalho" à frente do BC.

Segundo ele, Lula disse que seria importante o prosseguimento do trabalho para manter a economia estabilizada e a inflação controlada e dar continuidade ao crescimento do País. "Agora eu sei o desejo do presidente. Pedi a ele um prazo de 24 horas e amanhã comunicarei minha decisão", disse o presidente do BC, ao sair do Centro Cultural Banco do Brasil, sede provisória do poder Executivo.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.