Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - As autoridades monetárias globais acreditam a economia mundial sofrerá uma forte desaceleração no próximo ano, afirmou nesta segunda-feira o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Houve consenso que a economia mundial vai desacelerar substancialmente no ano de 2009, disse Meirelles, depois de reunião do Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês), realizada na capital paulista.

"É esperado que países industrializados tenham contração do produto (PIB)... emergentes continuarão crescendo, mas menos", acrescentou Meirelles durante entrevista coletiva.

O BIS funciona como o banco central dos bancos centrais.

(Reportagem de Daniela Machado; Texto de Renato Andrade)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.