Tamanho do texto

Davos, 29 - O Banco Central anuncia na próxima semana a linha de crédito para empresas com vencimentos de dívida externa, com recursos das reservas internacionais. A informação é do presidente do BC, Henrique Meirelles, que participou hoje do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

A medida, que já tinha sido anunciada pela autoridade monetária, está com a implementação atrasada. Segundo Meirelles, o processo é trabalhoso e o BC buscava garantias legais nos outros países. O objetivo é liberar um montante estimado em US$ 20 bilhões das reservas internacionais para atender toda a demanda das companhias para o pagamento de dívidas no exterior.

Os recursos serão repassados a bancos brasileiros internacionais, que então emprestarão para as empresas. Num primeiro momento, somente os bancos que atuam no mercado de câmbio brasileiro estarão autorizados a participar, exatamente pela questão da legislação. O BC quer ter a garantia de que os contratos dados como colateral pelos bancos serão coletáveis.

A autoridade já liberou US$ 30 bilhões em linhas para exportações. "Com essas medidas, o Brasil será um dos únicos países do mundo onde a oferta de crédito estará normalizada quantitativamente."
(Daniela Milanese, enviada especial)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.