Tamanho do texto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou nesta quinta-feira que o pacote habitacional que está para ser anunciado inclua a entrega gratuita de casas, como afirmou sábado, na Bahia, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ao ser questionado sobre a possibilidade de as casas saírem de graça, Lula respondeu negativamente e explicou que, de fato, existem no País pessoas que não têm como pagar prestações do financiamento, mas, para elas, o governo está discutindo o que pode ser feito.

Em Porto Velho, Rondônia, onde visita o canteiro de obras da usina hidrelétrica de Santo Antonio, no Rio Madeira, o presidente voltou a criticar o fim da cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), associando essa perda da arrecadação, que o governo tem desde o começo do ano passado, com a diminuição da receita causada pela crise financeira internacional. "Agora que os prefeitos vão saber como vai fazer falta (a CPMF), porque (com a crise) vai diminuir a arrecadação federal. E se diminui a arrecadação federal, também diminui a dos Estados e municípios", disse.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.