Tamanho do texto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o Brasil deve passar de importador para exportador de fertilizantes em cinco anos

selo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o Brasil deve passar de importador para exportador de fertilizantes em cinco anos. "Sempre disse que a Petrobras tinha que entrar na área de fertilizante. Se o Brasil importa hoje 80% de fertilizantes, em cinco anos vamos importar muito pouco ou já estar exportando um pouco", previu. Ele fez a afirmação durante cerimônia de comemoração dos 150 anos dos ministérios da Agricultura e dos Transportes.

Lula afirmou que isso será possível porque nesse período já haverá retorno das empresas brasileiras que estão produzindo em países vizinhos, como Argentina e Peru. "Essa era uma coisa que todo mundo sabia que era preciso. Não fui eu que inventei", disse.

Para o presidente, as coisas "estão acontecendo" no setor da agricultura e pecuária. Em grande parte, de acordo com ele, o resultado das vendas brasileiras ao exterior deve-se ao resultado comercial de suas viagens internacionais. "Sou o único presidente do mundo que não tem vergonha de vender biodiesel, cana, avião da Embraer, aquilo que o Brasil tem", citou.

Lula disse ainda que o Brasil é um país de destaque hoje no cenário internacional. "É só olhar o mapa do mundo que percebemos que o Brasil não tem nenhuma preocupação em competir com quer que seja", disse. "Estamos encontrando ponto de equilíbrio neste país. Vamos seguir em frente, pois não tem mais como a gente retornar", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.