Tamanho do texto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje, em entrevista conjunta com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, que os dois países não querem ser responsáveis por um encontro fracassado do G-20 (grupo formado por grandes economias desenvolvidas e emergentes), em Londres, esta semana. Apesar de acreditar que o encontro do G-20 será difícil, Lula disse que o evento vai reunir amigos e deverá ter um resultado positivo em pelo menos uma das questões com que o encontro planeja lidar.

Os dois presidentes indicaram a necessidade de uma regulação financeira mais rígida e Lula insistiu que o sistema financeiro precisa estar ligado à economia real. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.