Tamanho do texto

Uberaba, 3 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve lançar na próxima quinta-feira, em Belém (PA), o Programa de Produção Sustentável da Palma de Óleo. Segundo do ministro da Agricultura, Wagner Rossi, o projeto pretende estimular o cultivo da palma para produção de óleo, também conhecido como dendê, em áreas degradadas nas Regiões Norte e Nordeste.

Uberaba, 3 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve lançar na próxima quinta-feira, em Belém (PA), o Programa de Produção Sustentável da Palma de Óleo. Segundo do ministro da Agricultura, Wagner Rossi, o projeto pretende estimular o cultivo da palma para produção de óleo, também conhecido como dendê, em áreas degradadas nas Regiões Norte e Nordeste. Inicialmente, o programa prevê que 2 mil famílias de pequenos produtores produzam a palma numa áreas estimada de 20 mil hectares. Dados do setor mostram que a produção da palma pode ocupar área de até 1 milhão de hectares no Brasil e assentar 100 mil famílias. "Será publicado um zoneamento agroecológico da cultura, que tem possibilidade de ocupar áreas com dificuldades de se tornarem viáveis econômica e socialmente", disse Rossi, que está em Uberaba, para participar da abertura oficial da Expozebu 2010, maior feira de gado zebuíno do mundo. Na próxima quarta-feira, Lula assinará um projeto de lei e um decreto presidencial com as informações sobre o programa, adiantou Rossi. Além disso, será criada a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Palma, no âmbito do Conselho do Agronegócio, do Ministério da Agricultura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.