Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Banco Panamericano fechou 2008 com lucro líquido consolidado de R$ 95,5 milhões, o que representa queda de 26,5% em relação aos R$ 130 milhões auferidos no ano anterior. No resultado não consolidado, o banco lucrou R$ 236 milhões, um aumento de 18% em relação aos R$ 200,9 milhões registrados em 2007.

Considerando apenas o quarto trimestre, houve prejuízo consolidado de R$ 74,2 milhões, ante R$ 29,2 milhões de lucro apurados no trimestre final de 2007. Considerando apenas o resultado do banco, o lucro foi de R$ 9,6 milhões, baixa de 82,1% em relação ao mesmo trimestre de 2007 e queda de 85,6% perante o lucro do terceiro trimestre de 2008.

Segundo a instituição, a "contração dos agentes econômicos" teve efeito sobre o resultado do banco, sobretudo no desempenho do trimestre final de 2008. Com a redução da liquidez, o aumento dos custos de captação, e fechamento do mercado de crédito, o banco diz que houve redução dos spreads.

A carteira de crédito da instituição somou R$ 8,873 bilhões no fim do ano passado, com aumento de 25,2% em relação a dezembro de 2007, mas baixa de 6,15% perante setembro. Dos 16,2 milhões de clientes registrados em carteira, 2,9 milhões são ativos.

O resultado bruto de intermediação financeira em termos consolidados chegou a R$ 113,8 milhões no final de dezembro de 2008, bem abaixo dos R$ 338,7 milhões auferidos um ano antes e também inferior aos R$ 402,5 milhões registrados ao final do terceiro trimestre de 2008. Considerando apenas o banco, esse resultado foi de R$ 259,4 milhões no trimestre, ante R$ 370,2 milhões apurados um ano antes.

De acordo com o banco, a provisão para créditos de liquidação duvidosa foi de R$ 522,5 milhões no quarto trimestre, um aumento de 1,4% em relação ao terceiro trimestre.

O patrimônio líquido (PL) consolidado somou R$ 1,187 bilhão no quarto trimestre, abaixo dos R$ 1,290 bilhão apurados no terceiro trimestre de 2008 e inferior aos R$ 1,179 bilhão apurados no mesmo trimestre de 2007. O ativo consolidado total alcançou R$ 8,976 bilhões, com aumento 26,4% em 12 meses.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.