Tamanho do texto

SÃO PAULO - A gigante Unilever anunciou hoje um lucro líquido de 978 milhões de euros no segundo trimestre deste ano, montante que representa uma queda de 19% em relação ao montante verificado um ano antes. Depois da distribuição de resultados a minoritários, o lucro foi de 909 milhões de euros, com recuo de 20,5%.

A queda foi atribuída ao aumento dos custos e à valorização do euro, bem como a uma base mais baixa de impostos no segundo trimestre do ano passado. As vendas totais da companhia, fabricante de produtos como o sabonete Dove, o sabão em pó Omo e o chá Lipton, caíram 1% no período e somaram 10,37 bilhões de euros. O mercado tinha projeções de lucro líquido de 914 milhões de euros (após participação dos minoritários) e as ações da empresa fecharam com queda de 8,08% em Londres.

O diretor-executivo da companhia, Patrick Cescau, afirmou que elevou seus preços em 7,4% entre abril e julho e que o consumo está desacelerando nos Estados Unidos e na Europa.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.