Tamanho do texto

SÃO PAULO - A concessionária de rodovias OHL encerrou o quarto trimestre do ano passado com lucro líquido de R$ 46,4 milhões, valor mais que duas vezes superior ao registrado no mesmo intervalo de 2007, quando o ganho somou R$ 21,8 milhões. O aumento das receitas em ritmo bastante superior ao dos custos e despesas explica o desempenho da companhia.

Entre outubro e dezembro, a OHL obteve receita líquida de R$ 193,9 milhões, uma alta de 16,3% em relação aos três últimos meses de 2007. O aumento de 2,6% no volume de tráfego das rodovias concedidas, bem como o reajuste de 11,53% implementado em julho último nas tarifas de pedágio foram os responsáveis pela receita maior.

No mesmo intervalo de comparação, o custo dos serviços prestados pela companhia cresceu apenas 6,28%, para R$ 85 milhões. As despesas operacionais ficaram estáveis em R$ 18,7 milhões, o que ajudou a aumentar a eficiência da empresa.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) somou R$ 139,6 milhões, um salto de 20% em relação ao quarto trimestre de 2007. A margem Ebitda, relação entre geração de caixa e receita, passou de 69,8% para 72%.

No acumulado de 2008 a OHL também obteve bons resultados. Seu lucro líquido avançou 42% sobre o exercício anterior, para R$ 105,4 milhões.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.