Tamanho do texto

Montadora teve ganhos de 190 milhões de euros no período, puxados por resultado com equipamentos de construção e agrícolas

O grupo Fiat teve lucro de 190 milhões de euros (aproximadamente R$ 446 milhões) no terceiro trimestre, quase oito vezes maior do que o registrado um ano antes, quando obteve 25 milhões de euros.

O lucro atribuível ao proprietários da controladora se situou em 170 milhões de euros, contra os 21 milhões de euros do exercício anterior.

As receitas líquidas somaram 13,479 bilhões de euros, acima dos 12,049 bilhões de euros somados no terceiro trimestre de 2009.

Esse avanço foi guiado pelo desempenho positivo nas atividades de equipamentos de construção e agrícolas, Iveco e sistemas de produção e componentes.

Na divisão de automóveis, a Fiat apresentou receita total de 6,6 bilhões de euros no trimestre, próxima daquela apurada nos três meses até setembro de 2009, de 6,541 bilhões de euros.

"A contração nos volumes de carros de passageiros especialmente na Europa foi compensada pelo forte desempenho em veículos comerciais leves e pelos efeitos favoráveis do câmbio", explicou a companhia em nota.

Para o ano completo, o grupo espera receita acima de 55 bilhões de euros, melhor do que a projeção anterior, de receita acima de 50 bilhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.