Tamanho do texto

Os líderes da Casa Branca e do Congresso dos EUA prometerem que vão continuar trabalhando juntos para finalizar um plano de socorro de US$ 700 bilhões para o setor financeiro, afirmou a porta-voz da Casa Branca Dana Perino. Existe um claro senso de urgência e concordância sobre a necessidade de estabilizar os mercados financeiros e evitar que uma massiva crise financeira afete todos na América, disse Perino.

Acordo Ortográfico

O comunicado foi emitido após o encontro entre o presidente George W. Bush, líderes do Congresso de ambos os partidos e os candidatos à presidência Barack Obama (Democrata) e John McCain (Republicano), para discutir o plano.

No início da tarde, representantes de ambos os partidos disseram que um "acordo fundamental" havia sido alcançado sobre o pacote e previam uma rápida aprovação da legislação nas duas casas.

Contudo, o senador republicano Richard Shelby, contrário ao pacote, disse à imprensa, após o encontro, que os legisladores ainda não tinham alcançado um acordo sobre o plano de socorro. "Eu não acredito que temos um acordo", disse Shelby, que é membro do Comitê de Bancos do Senado. "Ainda existem muitas opiniões diferentes." As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre crise econômica

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.