Tamanho do texto

Divergências internas no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) podem ser a principal causa do atraso na liberação da licença que autorizará o início da obra da usina hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (RO). Apesar de o presidente do órgão, Roberto Messias, ter anunciado na quinta-feira, que o documento seria divulgado na sexta-feira na página do Ibama na internet, até as 19h de ontem a autorização ainda não havia sido publicada nem entregue ao consórcio Energia Sustentável do Brasil, responsável pelo projeto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.