Tamanho do texto

Banco anuncia pagamento para acabar com investigação sobre hipotecas de alto risco durante a crise financeira dos EUA

O banco JPMorgan Chase anunciou nesta terça-feira o pagamento de uma multa de US$ 153,6 milhões (R$ 243,99 milhões) para pôr fim a uma investigação sobre seu negócio com as hipotecas de alto risco durante a crise financeira.

O banco detalhou em comunicado que sua divisão JPMorgan Securities pagará a multa relacionada com a venda de títulos de dívida há quatro anos. A Comissão da Bolsa de Valores tinha acusado o banco de ter enganado os investidores com a venda deste complexo instrumento financeiro cujo valor estava vinculado ao desempenho de títulos de hipotecas de baixa qualidade. "JPMorgan promocionou um complexo instrumento financeiro com a promessa que se levariam em conta os interesses de seus clientes", afirmou Robert Khuzam, diretor da Divisão de Investigação da Comissão.

A unidade do JPMorgan implicada realizou uma revisão das transações investigadas pela Comissão e acordou voluntariamente em devolver aos investidores US$ 56 milhões de relacionados com os títulos de dívida colaterizada. O acordo com a Comissão da Bolsa de Valores é similar ao que já fechou no ano passado o banco Goldman Sachs, que pagou US$ 550 milhões após reconhecer que tinha cometido um "erro" ao dar "informação incompleta" a seus clientes. Após anunciar o acordo com a Comissão as ações do JPMorgan Chase subiam 1,14% até US$ 40,94, uma hora antes do fim da sessão em Wall Street.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.