Tamanho do texto

País soma nove meses consecutivos de baixa no PIB devido ao tsunami de março

O PIB do Japão recuou 0,3% no segundo trimestre em relação aos três meses precedentes, e já soma nove meses consecutivos de baixa devido ao tsunami de 11 de março passado , informou o governo nesta segunda-feira. O retrocesso, de 1,3% em relação ao mesmo trimestre de 2010, é inferior ao estimado pelos analistas, que previam um recuo anual do PIB de 2,7%.

Os analistas apostam em uma recuperação durante o próximo verão, graças à reconstrução da zona devastada pelo tsunami no nordeste do país. "Acredito que veremos sinais claros de recuperação no trimestre julho-setembro", disse Taro Saito, economista do NLI Research Institute.

O Japão entrou em recessão no primeiro trimestre deste ano, ao somar seis meses consecutivos de contração da atividade econômica. O Produto Interno Bruto japonês recuou 0,6% no quarto trimestre de 2010 em relação aos três meses precedentes, e 0,9% no primeiro trimestre deste ano, segundo as autoridades.

O principal fator do prosseguimento da recessão no segundo trimestre foi a queda de 4,9% nas exportações. Os investimentos imobiliários privados recuaram 1,9% e o consumo, 0,1%, em comparação ao trimestre anterior. A alta de 3% nos investimentos públicos, para responder à catástrofe, compensou em parte a contração da atividade econômica.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.