Tamanho do texto

Milhares de pessoas marcharam nas ruas da capital islandesa neste sábado, pedindo a saída imediata do combalido governo, apesar do anúncio de eleições antecipadas feito no dia anterior.

Sob o slogan "Nova República!", mais de 5.000 pessoas se reuniram em Reykjavik no início da noite deste sábado.

Segundo os organizadores, é o maior protesto no país desde novembro, quando a economia da Islândia entrou em colapso após a quebradeira do sistema financeiro mundial.

Na sexta-feira, o primeiro-minsitro Geir Haarde anunciou que o país teria eleições antecipadas, e que pretendia deixar o governo antes do término de seu mandato após ter sido diagnosticado com um câncer.

"É ótimo organizar eleições, mas não é o suficiente", disse um dos manifestantes, Hildur Valsdottir, que contou estar desempregado.

str-dt/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.