Tamanho do texto

SÃO PAULO - Com o receio de que a crise financeira internacional afete ainda mais a confiança dos investidores e correntistas no seu sistema financeiro, o governo da Irlanda anunciou hoje que vai garantir os depósitos e dívidas de seis bancos do país por dois anos. As ações dos bancos daquele país caíram 26% em média ontem.

"O governo decidiu colocar em prática, com efeito imediato, um arranjo para garantir a segurança de todos os depósitos (de varejo, comercial, institucional e interbancário), dívidas lastreadas, dívidas sênior e dívidas subordinadas com vencimento", disse o ministro das finanças irlandês, Brian Lenihan, em pronunciamento.

O governo irlandês disse que tomou essa medida, em que dá garantia para cerca de 500 bilhões de euros em ativos, após o aconselhamento do banco central do país e do órgão regulador do sistema financeiro sobre o impacto da recente crise internacional de crédito no setor bancário da Irlanda.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.