Tamanho do texto

Desde agosto, índice da FGV não apresentava resultado tão baixo

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) apresentou deflação na terceira medição deste mês, o menor resultado desde a terceira semana de agosto do ano passado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em nota. O indicador declinou 0,15%, depois de registrar elevação nas duas medições anteriores de junho.

Das sete classes de despesas avaliadas, Transporte aprofundou a trajetória de queda, indo de uma baixa de 1,09% na segunda prévia para decréscimo de 1,32% no levantamento mais recente. O mesmo movimento foi registrado por Alimentação (-0,50% para -0,89%).

Saúde e cuidados pessoais permaneceram com avanço de 0,55%. Habitação, por sua vez, desacelerou, deixando um incremento de 0,54% para 0,42%. Com alta mais marcada entre a segunda e a terceira apuração de junho, ficaram Vestuário (0,79% para 1%) e Educação, leitura e recreação (0,44% para 0,54%), refletindo, respectivamente, a influência dos itens calçados e passagem aérea.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.