Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) aumentou 0,86% no fechamento de março, praticamente estável perante a terceira medição do período (0,85%). A informação é da Fundação Getulio Vargas (FGV).

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) aumentou 0,86% no fechamento de março, praticamente estável perante a terceira medição do período (0,85%). A informação é da Fundação Getulio Vargas (FGV). A entidade chamou atenção para o comportamento do grupo Transportes, que foi de uma alta de 0,31% para um decréscimo de 0,16% da penúltima leitura para a apuração final de março. Tiveram impacto neste ramo os itens Álcool (-3,08% para -8,11%) e Gasolina (-0,08% para -0,60%). Também mereceu destaque o movimento de Alimentação, que avançou de 2,43% na terceira medição para 2,60% no fim de março, em decorrência do encarecimento de hortaliças e legumes. Subiram mais ainda Saúde e Cuidados Pessoais (0,37% para 0,39%) e Despesas Diversas (0,16% para 0,17%). Vestuário permaneceu no campo negativo, mas o ritmo de queda desacelerou: depois de ceder 0,37%, houve recuo de 0,19% no término de março. Com crescimento mais modesto, apareceram Habitação, que partiu de 0,30% na terceira pesquisa para 0,26% no último levantamento de março, e Educação, leitura e recreação (0,23% para 0,20%). (Juliana Cardoso | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.